Teste de Empatia

Sobre fundo vermelho, dois dedos juntos com carinhas sorridentes desenhadas na ponta. Ambos têm uma metade de um coração vermelho, que se completa. Ao lado, texto em branco:

Como anda sua empatia? Quer saber? Em 2009, um grupo de psicólogos desenvolveu um teste baseado numa auto-avaliação dos próprios pacientes. Este estudo foi publicado e ganhou notoriedade no meio acadêmico e científico. Trata-se do “Toronto Empathy Questionnaire” e que utiliza dezesseis frases onde as pessoas elegem a resposta que melhor indica o estado de espírito da pessoa naquele dado momento. Cada resposta possui um peso de 0 a 4. Ao final, a somatória de todas as respostas indica qual nível de um total de quatro a pessoa está em termos de empatia. Quer descobrir como você está? Bora lá então! Ao final, some e compare com a legenda apresentada.

Importante: leia com atenção cada frase e responda com o máximo de sinceridade. Não existe certo ou errado. O que vale aqui é abrir seu coração.

1.Quando alguém está animado(a), tendo a ficar animado(a) também”.

Nunca (0)

Raramente (1)

Às Vezes (2)

Quase Sempre (3)

Sempre (4)

2.”A infelicidade ou desgraça das outras pessoas me abala muito”.

Nunca (0)

Raramente (1)

Às Vezes (2)

Quase Sempre (3)

Sempre (4)

3.”Me incomoda ver alguém sendo tratado(a) com desrespeito”.

Nunca (0)

Raramente (1)

Às Vezes (2)

Quase Sempre (3)

Sempre (4)

4.”Eu me contagio quando outra pessoa próxima a mim está feliz”.

Nunca (0)

Raramente (1)

Às Vezes (2)

Quase Sempre (3)

Sempre (4)

5.”Eu gosto de fazer outras pessoas se sentirem bem”.

Nunca (0)

Raramente (1)

Às Vezes (2)

Quase Sempre (3)

Sempre (4)

6.”Eu tenho compaixão e preocupação pelas pessoas que são menos privilegiadas do que eu”.

Nunca (0)

Raramente (1)

Às Vezes (2)

Quase Sempre (3)

Sempre (4)

7.”Quando um(a) amigo(a) começa a falar de seus problemas, mantenho a conversa sem mudar de assunto”.

Nunca (0)

Raramente (1)

Às Vezes (2)

Quase Sempre (3)

Sempre (4)

8.”Posso dizer quando outras pessoas estão tristes mesmo se elas não disserem nada”.

Nunca (0)

Raramente (1)

Às Vezes (2)

Quase Sempre (3)

Sempre (4)

9.”Sinto que estou em sintonia com o humor das outras pessoas”.

Nunca (0)

Raramente (1)

Às Vezes (2)

Quase Sempre (3)

Sempre (4)

10.”Sinto compaixão pelas pessoas que provocaram sua própria doença”.

Nunca (0)

Raramente (1)

Às Vezes (2)

Quase Sempre (3)

Sempre (4)

11.”Fico sensibilizado(a) quando alguém chora”.

Nunca (0)

Raramente (1)

Às Vezes (2)

Quase Sempre (3)

Sempre (4)

12.”Estou muito interessado(a) em como outras pessoas se sentem”.

Nunca (0)

Raramente (1)

Às Vezes (2)

Quase Sempre (3)

Sempre (4)

13.”Sinto uma forte necessidade de ajudar quando vejo que alguém está mal”.

Nunca (0)

Raramente (1)

Às Vezes (2)

Quase Sempre (3)

Sempre (4)

14.”Quando vejo alguém sendo tratado injustamente, sinto piedade”.

Nunca (0)

Raramente (1)

Às Vezes (2)

Quase Sempre (3)

Sempre (4)

15.”Eu acho legítimo quando as pessoas choram de felicidade”.

Nunca (0)

Raramente (1)

Às Vezes (2)

Quase Sempre (3)

Sempre (4)

16.”Quero defender e proteger as pessoas de quem foi tirada alguma vantagem quando vejo uma situação do tipo”.

Nunca (0)

Raramente (1)

Às Vezes (2)

Quase Sempre (3)

Sempre (4)

Agora, compare a somatória de pontos com a legenda a seguir:

0 a 32 = baixíssimo nível de empatia. Você marcou muito menos que a média neste teste. Na pesquisa original, a média foi de 46 pontos.

33 a 45 = baixo nível de empatia. Você marcou menos que a média neste teste. Na pesquisa original, a média foi de 46 pontos.

46 a 49 = bom nível de empatia. Você marcou na média neste teste. Na pesquisa original, a média foi de 46 pontos.

50 a 59 = alto nível de empatia. Você marcou acima da média neste teste. Na pesquisa original, a média foi de 46 pontos.

60 a 64 = Altíssimo nível de empatia. Você marcou muito acima da média neste teste. Na pesquisa original, a média foi de 46 pontos.

Curtiu? Compartilhe!

Fonte: Spreng RN, McKinnon MC, Mar RA, Levine B. The Toronto Empathy Questionnaire: Scale development and initial validation of a factor-analytic solution to multiple empathy measures. J. Pers. Assmt. 2009.;91(1):62-71.