COMUNICAÇÃO INCLUSIVA ou ACESSÍVEL ou UNIVERSAL

Após a VERIFICAÇÃO, onde se usa a empatia como matéria-prima principal para levantamento das “dores”, seguimos para a fase de IDEAÇÃO na nossa Metodologia, onde fazemos um estudo de conteúdos e formas da comunicação das marcas. O intuito é que achemos respostas às “dores” para incluir pessoas com deficiência, sem afetar os demais públicos já trabalhados pela estratégia central (desenho universal). Desta forma, as marcas ampliam sua audiência em cerca de 20% e passam a ser relacionar com pessoas com deficiência física, auditiva, visual e intelectual.



  1. Modelo “Consultoria”

Através de nossa metodologia própria, baseada em empatia e desenho universal, partimos para um jornada juntxs com o propósito de revisitar e/ou ressignificar a comunicação das marcas e das organizações para que elas consigam se comunicar e acessarem as pessoas com deficiência. Tudo começa com uma Oficina de Empatia. Nesta modalidade, fazemos um trabalho de pelo menos 3 meses de duração, com o estabelecimento de indicadores de performance, acompanhamento e moderação de reuniões, workshops e treinamentos customizados para as necessidades da empresa cliente.



  1. Modelo “Treinamento”

Caso a empresa deseje instaurar ou fortalecer uma cultura inclusiva, a Goodbros mostra o caminho para que as próprias lideranças das áreas de Comunicação Corporativa, Marketing, Treinamento, RH e Eventos construam uma estratégia de comunicação acessível, tanto externa quanto internamente. Alguns treinamentos disponíveis:

  1. Modelo “Projetos”

Precisa de algo pontual, como um website ou vídeo acessível? Pode ser também. Oferecemos uma gama variada de projetos para o atendimento de uma demanda específica:



Projetos Especiais

Graças a um time diverso e multidisciplinar, oferecemos soluções complementares à comunicação acessível para que nossas empresas clientes possam ter ambientes de trabalho mais inclusivos: