COMUNICAÇÃO INCLUSIVA

Também conhecida como Comunicação Acessível ou Comunicação Universal. Utilizamos a definição de nosso sócio-fundador, onde:

“Comunicação Inclusiva é uma comunicação não-violenta e sem barreiras, que possa ser acessada, compreendida e utilizada com autonomia e segurança pelo maior número possível de pessoas, independente de suas diversidades”.

É aquela que serve a todos os tipos de pessoas. Portanto, nossos ingredientes essenciais são a acessibilidade e o princípio do Desenho Universal. Desta forma, as marcas têm potencial de aumentar sua audiência em pelo menos 30% e passam a ser relacionar com os grupos da diversidade, em particular com pessoas com alguma deficiência física, auditiva, visual, intelectual ou psicossocial.

1. Modelo “Consultoria”

Através da nossa metodologia própria VIDA, baseada em empatia e desenho universal, partimos para um jornada em conjunto com o propósito de revisitar e/ou ressignificar a comunicação das marcas e das organizações para que elas consigam se comunicar e acessarem as pessoas com deficiência. Nesta modalidade, fazemos um trabalho de médio prazo, com a possibilidade de estabelecermos indicadores de performance, moderação de reuniões do(s) comitês(s), workshops e treinamentos customizados para as necessidades da empresa cliente.

2. Modelo “Treinamento”

Caso a empresa deseje instaurar ou fortalecer uma cultura inclusiva, a goodbros mostra o caminho para que as próprias lideranças das áreas de Comunicação Corporativa, Marketing, Treinamento, RH e Eventos construam uma estratégia de comunicação acessível, tanto externa quanto internamente. Alguns exemplos de treinamentos:

3. Modelo “Projetos”

Precisa de algo pontual, como um website ou vídeo acessível? Pode ser também. Oferecemos uma gama variada de projetos para o atendimento de demandas específicas:

Projetos Especiais

Graças a um time diverso e multidisciplinar composto por empresas parceiras, oferecemos soluções complementares à comunicação inclusiva para que nossas empresas clientes possam ter ambientes de trabalho mais inclusivos: